Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Admin
Mensagens : 6
Data de inscrição : 29/03/2017
Idade : 20
Localização : São Paulo

Ficha do personagem
HP HP:
0/0  (0/0)
EXP EXP:
0/0  (0/0)
C.A C.A: 10
Ver perfil do usuáriohttp://sagaetrian.forumeiros.com

[05] O Banquete

em Dom Abr 16 2017, 19:49
[23:21] «!» Após a discussão no corredor, cada um tomou o seu rumo Nathan e Victor levaram a garota novamente até a cela, parecia mais calma depois da discussão ter terminado e continuava obediente o que faz Nathan ficar ainda mais receoso por que se ela tiver mesmo aquela capacidade que apresentou na praça poderia ter fugido ou tentado algo a pouco tempo. Katherine chegou em seus antigos aposentos, acompanhada de Stor com um nível de atenção próximo da paranoia, atento até mesmo com a mais minunciosa sombra. Passou-se por volta de 1 hora desde a discussão, vocês todos estavam no banquete Katherine já usava outras roupas e parecia estar com uma melhor aparência comparado a antes, além de vocês estava Theon acompanhado do príncipe Raymond e da princesa Helena, Eldren acompanhado de Marielle e Cedric e sua irmã Amanda. A maioria estava em clima festivo, porém o rei e Eldren não pareciam estar no mesmo ânimo que o restante
[23:21] «!» >>
[23:21] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Nathan
[23:22] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Victor
[23:22] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Katerine Aerdrir
[23:31]   Victor mudou seu nick para teste
[23:32]   teste mudou seu nick para teste
[23:33]   teste mudou seu nick para Victor
[23:33] <Katerine Aerdrir> Era bom estar ali sentada naquela mesa farta com o banquete. Haviam muito conhecidos e alguns um pouco dificeis de lembrar. Mantinha o sorriso passivo, enquanto beliscada um ou outro pedacinho do prato ali na frente, para manter a pose de uma princesa delicada, ainda mais em meio aquele vestido caríssimo e as joias pelo pescoço e cabelo.. Percebendo que o rei não estava esbanjando suas risadas como geralmente fazia em banquetes, acabo puxando assunto. -  Querido Tio, não está se sentindo bem? Ou quem sabe, a festa não está de seu agrado? Há algo que eu possa fazer para que o senhor fique mais alegre? -  Sorria mais alegremente enquanto levava um gole de vinho até a boca.
[23:33] <Katerine Aerdrir> >>
[23:51] <Victor> me alegrava muito ver todos reunidos. A ultima vez que isso aconteceu foi... Eu mal consigo lembrar. Meu pai e Eldren não pareciam muito felizes, e eu ficava intrigado no porque. Algo me diz que tem haver com a caixa, mas se não me relataram quer dizer que não é da minha conta. Katerine estava deslumbrante, e Stor provavelmente não estava muito a vontade com aquilo tudo. Olhando novamente para Katerine, lembrava do que aconteceu mais cedo. Ainda preciso ter uma conversa séria com ela. Bom, acho que essa ocasião merece um brinde... levantava minha taça de vinho, que já estava cheia pela terceira vez. A vida, ao futuro e a novos encontros assim falava com um sorriso e um olhar calmo
[23:51] <Victor> >>
[00:00] <Nathan> Não me sentia muito a vontade, ainda estava com problemas do dia pairando na minha mente. ainda tinha que ficar próximo da minha irmã como se fossemos uma família  feliz,  tendo que aturar o cachorro guarda-costa real da Katerine.--"Alguns, dias estão fardados a problemas, só tenho que respirar e continuar a andar" --Porem o mais interessante que não era só eu que aparentava não ter interesse, meu pai e o rei estavam tensos. não sou o tipo que gosta dessas festas formais, porem aproveitava na medida do possível, adentrando ao brinde iniciado pelo Victor.
[00:01] <Nathan> >>
[00:09] ** NPC: <Theon Aerdrir>  Comia em silêncio estava sozinho em seus pensamentos até ouvir Katerine -- Ah.. estou ótimo querida, só estava pensando em algumas questões em relação a Ordem.  Abria um leve sorriso e então erguia a taça com vinho e bebia dois goles e olhava ao redor da mesa para cada um presente, quando Victor faz um brinde repetia as palavras
[00:14] «!» Raymond comia bastante, conversava com Cedric e com Amanda, via que seu pai estava preocupado com alguma coisa e isso o deixa com uma pulga atrás da orelha. Em vários momentos durante o banquete enviou olhares de interesse para Katerine. Helena estava bem quieta, conversava mais com Marielle e olhava algumas vezes para o seu irmão e para Katerine. Eldren olhava para Nathan e posteriomente para Marielle, somado a sua preocupação que já havia parecia incomodado. Stor assim como o restante dos guardas ficavam de vigia o tempo inteiro a uma distância de uns 5 metros da mesa
[00:14] «!» >>
[00:22] <Katerine Aerdrir> Sorria em resposta ao rei, mas não ficava satisfeita. Após o brinde de Victor, o qual erguia a taça em resposta, apenas deixava um longo suspiro escapar. Percebia os olhares de Raymond e não me sentia incomodada, já que em menos de um dia estariamos casados. Viro a taça em um gole ao pensar nisso, enquanto respirava fundo. Teria que me acostumar e melhor seria se nos dessemos bem. -  Então, príncipe Raymond, o que tem feito de novo ultimamente? -  Puxava conversa mantendo a simpatia, torcendo para que o gênio egocentrico tenha desaparecido nos ultimos meses que não nos vimos.
[00:22] <Katerine Aerdrir> >>
[00:22] <Nathan> Mesmo ainda sentido um pouco de raiva da forma que  meu pai agiu mais cedo, porem tentava entender o lado dele, dava para notar o semblante de preocupação dele, clima do banquete estava mais fúnebre....esquecia um pouco dos meus problemas, tentava entender o meu pai--'O que te aflige pai, não gosto de ver o senhor assim, o que eu puder ajudar, estou aqui para isso. sabe que pode contar comigo'colocava a mão sobre o ombro dele, em gesto de , Pai eu estou aqui, pode contar comigo, enquanto falava com ele mentalmente.
[00:23] <Nathan> >>
[00:34] <Victor> eu não conseguia evitar de esboçar ao menos um sorriso, enquanto ria mentalmente prestando atenção em cada uma das pessoas. Raymond se comportando como um galanteador, faz parecer que o casamento não foi arranjado. Do lado de Eldren, era possível sentir uma névoa escura sobre a cabeça dele e dos meus irmãos. Olhando dessa maneira eu percebia o quão deslocado eu sou nesse lugar. Meu pai era um dos únicos que fazia o possível para me deixar confortável, junto de Katerine e Nathan, quando eles podiam.
[00:34] <Victor> >>
[00:39] ** NPC: <Raymond> -- Ah.. não muito como gostaria.. nada de desafiador infelizmente.. a umas 2 semanas atrás estava caçando na floresta e abatemos um javali, tivemos alguns "probleminhas" nada exagerado. Mas espero que depois desse casamento acredito que as coisas tomem novos ares.. Dizia com um ar pomposo como se nada fosse realmente desafiador
[00:43] ** NPC: <Eldren Vanmadil> Olhava para Nathan com um olhar franco -- É um conjunto de coisas filho, mas.. em geral estou preocupado com o conteúdo da caixa.. é algo de altíssima importância e talvez precise de sua ajuda nisso.. mas vou precisar que você e sua irmã se entendam, ambos vão ser essenciais. Dizia em tom sincero mas de certa forma desperançoso, afinal já não era a primeira vez que tentava fazer os filhos se entender
[00:48] <Katerine Aerdrir> -  Probleminhas? Algo não muito sério, eu espero... -  Como imaginei, continuava o mesmo. Olhava de canto pela janela, percebendo a noite e todos ali, seria uma escapada perfeita.
[00:48] <Katerine Aerdrir> >>
[00:53] ** NPC: <Theon Aerdrir> -- Raymond não diria que aquilo não foi um probleminha.. Dizia com certa ironia a Raymond -- Sabe muito bem o risco que correu..
[00:53] ** NPC: <Theon Aerdrir> *diria que
[00:53] ** NPC: <Theon Aerdrir> >>
[00:56] <Victor> probleminhas ? Eu não fiquei sabendo disso... Conte-nos e anime a mesa irmão. dizia com um sorriso na boca. Olhava para meu pai que estava com um tom de riso e dava uma piscada. Levava o quarto copo de vinho ao fim
[00:56] <Victor> >>>
[00:58] <Nathan> Nunca escondi do meu pai sobre o que sinto pela filha dele, eu aceito conviver no mesmo local que ela, mas fingir ser uma família feliz .'Você sabe,  não é tão simples assim...aceito até conviver com ela, porem uma aproximação familiar não...se precisar da minha ajuda , estarei sempre ao seu lado'Enquanto, falava com meu pai, colocava a mão sobre o meu peito, relembrando da ferida que a filha dele me fez, enquanto olhava para ele...então tomava em uma única tragada de vinho, tentando melhorar o clima. tentando manter a postura.
[01:00] <Nathan> por enquanto ignorava ao redor, estava centrado na conversa com meu pai, também não aguentava mais o Raymond, que fica falando quanto é superior, mas sabemos sua inutilidade.
[01:00] <Nathan> >>
[01:11] ** NPC: <Raymond> -- Não aconteceu nada demais pai.. eles morreram e eu fiquei vivo não tem mais Dizia em tom calmo, posteriormente olhava para o irmão  -- Nada demais irmão, já tive histórias melhores para contar..
[01:12] ** NPC: <Theon Aerdrir>  Suspira como se tivesse desistido e então voltava a comer
[01:14]  Victor (Ross_seth) acabou de sair (A conexão caiu e não foi recuperada a tempo)
[01:14] ** NPC: <Eldren Vanmadil> -- Sabe.. as vezes eu acho isso engraçado, filho.  Dizia em tom calmo -- Eu e meu irmão não se entendiamos.. mas no final tivemos que se unir para um bem maior.. e até hoje a morte dele é uma lástima para mim
[01:19] ** NPC: <Eldren Vanmadil> -- Mas eu compreendo a situação, está longe de simples realmente e sim nunca duvidei de sua fidelidade..  Dizia com um leve sorriso para o Nathan
[01:19] «!» >>
[01:19] >> Sistema RRPG colocou o modo +Jogador em Victor
[01:21] <Katerine Aerdrir> - Ah, que isso, não vai me deixar dormir curiosa não é mesmo? -  Dizia com manha enquanto fazia um charme com a taça na mão. -  Parece ser uma história com muita moral a ser aprendida....
[01:21] <Katerine Aerdrir> >>
[01:24] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Victor
[01:24] <Victor> todos morreram e você sobreviveu ? Como eu ainda não sei disso ? Agora faço questão que nos conte irmão. agora demonstrava um ar realmente mais preocupado. Será que tem alguém tentando caçar a família ? A quinta taça já se encontrava na metade
[01:24] <Victor> >>

[19:53] ** NPC: <Raymond> -- Bem.. se insistem... Faz uma longa pausa enquanto juntava as peças na cabeça -- Estava de visita em Dreyhold, iria passar alguns dias por lá e como todos sabem eu tenho certa frequência em ir por lá e caçar na região.. Dizia de certa forma desconfortável no final --
[19:58] >> Sistema RRPG colocou o modo +Jogador em Victor
[20:03] ** NPC: <Raymond> -- Bem.. se insistem... Faz uma longa pausa enquanto juntava as peças na cabeça -- Estava de visita em Dreyhold, iria passar alguns dias por lá e como todos sabem eu tenho certa frequência em ir por lá e caçar na região.. Dizia de certa forma desconfortável no final -- No terceiro dia que fomos caçar choveu muito e se perdemos pela mata, tivemos que ficar numa caverna para se abrigarmos até ai.. tudo bem, o problema que o Klain havia se machucado e não podiamos simplesmente voltar e pedir por ajuda era arriscado. Porém no meio da noite em que ficamos, fomos atacados por 3 homens.. fui pego de surpresa mas consegui matar um com uma adaga e quando cheguei na minha espada o fim deles já estava decretado.. se não me engano havia mais alguém além desses 3 mas havia se retirado.. fiquei o resto da noite de vigília e por sorte ou desistência de seja lá quem for voltamos ao castelo.. porém um deles tinha isto. Erguia uma espécie de colar, só conseguia enxergar quem estava próximo era um tipo de metal negro, um dragão em forma de serpente enrolado em si mesmo. -- Pai ficou preocupado mas já passei por situações piores.. só foi por isso que chamei de "Probleminhas".. Dizia em tom calmo, como se tudo o que tivesse acontecido tivesse sido uma simples briga entre garotos
[20:03] «!» >>
[20:04] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Katerine Aerdrir
[20:04] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Nathan
[20:04] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Victor
[20:08] >> Sistema RRPG colocou o modo +Jogador em Cassinder
[20:10] <Katerine Aerdrir> A história apesar de tudo era algo normal, afinal, bandidos, ladrões e pessoas crueis estavam em qualquer lugar e se aproveitariam de qualquer situação para conseguir algo. Até que o colar me chama atenção. - Permita-me dar uma olhada? - Estendia a mão com um tom curioso sobre o colar, ali, nas mãos dele o simbolo me lembrava algo que encontrei um tempinho atrás.
[20:10] <Katerine Aerdrir> >>
[20:15] <Nathan> Não ligava muito paras estorias do Raymond, ele é uma pessoa carente, que gosta de ficar se vangloriando mas até que dessa vez foi algo mais normal, o que é estranho para o padrão Raymond, continua a conversa com meu pai'entendo, queria ter conhecido o tio, mas senhor não fala muito sobre ele....mas acho que você não carrega as mesma marcas que eu '
[20:16] <Nathan> >>
[20:17] <Victor> por um instante ficava preocupado com Raymond, mas vejo que foi a toa. Bom... Ainda bem que vocês chegaram sem maiores problemas então. quando ele mostra o colar, encarava-o por alguns segundos, impressionado com os detalhes
[20:17] <Victor> >>
[20:22] ** NPC: <Raymond> Olhava para Katerine entre um tom de curiosidade e surpresa -- Claro.. se você quiser até pode ficar para você.. Entregava para Katerine sem muitas delongas e posteriormente olha para todos ao redor -- Me perdoem.. infelizmente é como eu disse nada de extraordinário ultimamente..
[20:23] ** NPC: <Theon Aerdrir> Olhava para o filho entre uma mescla de incerteza e descrença, ele bebe alguns goles de vinho e então voltava a comer quieto como se não quisesse prolongar o assunto
[20:24] ** NPC: <Eldren Vanmadil> -- Seu tio era uma boa pessoa.. teria feito a ordem ser ainda maior do que hoje.. até talvez estando em meu lugar. Dizia sussurrando
[20:24] «!» A maioria ali estava curioso pelo colar de Raymond, mas ao mesmo estavam tendo conversas paralelas
[20:25] «!» >>
[20:30] <Katerine Aerdrir> Assim que pego o colar, dou uma leve olhada em minha mão, então o guardo. - Obrigada, príncipe Raymond, guardarei comigo para me lembrar de sua sorte, não é? - Sorria agradecida, disfarçando a curiosidade em comparar as duas peças em meu quarto. Faço menção de que iria me levantar, enquanto chamo pelo rei. - Se me permite, meu senhor, digo..tio... Gostaria de me ausentar o restante do banquete, a viagem foi um pouco mais cansativa do que o esperado e acredito não ter me recuperado totalmente, para não causar uma má impressão o restante da noite e amanhã, o senhor me daria sua permissão para voltar ao meu quarto?
[20:30] <Katerine Aerdrir> >>
[20:35] <Victor> depois de levar o sexto copo a metade, já começava a demonstrar sinais de que era melhor ter parado no terceiro. Ao ver Katerine levantar e pedir permissão ao meu pai, eu não me controlo e começo a rir olhando para ela. Não era uma gargalhada, sim uma risada até moderada
[20:35] <Victor> >>
[20:36] <Nathan> Não gostava quando meu pai falava dessa forma, ele tende a diminuir o esforço dele, todos sabemos que o sistema da ordem só funciona, por causa do trabalho dele''Não fale assim pai, sabemos que não teria alguem melhor para ocupar o lugar que o senhor está, não é fácil lidar com quatro grupos que usam a desculpa do deus deles para fazer o que quiser.''. mas logo ficava intrigado com o pedido de Katerine.--Nossa, Katerine...já vai tentar fugir essa noite ?...... pena que vou estar em um bar mais tarde...sabia da mania da mesma de fugir, tentava atiçar ela para uma noitada..ela tem que curtia a liberdade que ainda resta a ela, Nathan não gosta dessa obrigações de casamento
[20:45] <Nathan> >>
[20:45] ** NPC: <Theon Aerdrir> Olhava para o colar como se tivesse algo de ruim nele, quando Katerine o chama parecia ter alguma curiosidade no olhar que aos poucos se transformou num leve sorriso -- Claro querida, desejo um bom descanso para você..
[20:45] «!» >>
[20:51] <Katerine Aerdrir> - Muito obrigada pela compreensão, e desejo a todos uma ótima noite. - Dizia aos mais próximos enquanto me reverenciava ao rei, segurando o colar entre os dedos. Ao levantar apenas encara Nathan com um leve sorriso de canto, como um sinal que ele deveria me esperar no jardim para sairmos ou não seria perdoado, fazia um leve sinal com a cabeça apontando para Victor, para que o mesmo o chamasse. Logo, me afastava a passos calmos e delicados até sair de vista dos demais, onde apressava o passo até o quarto para me trocar e guardar o colar.
[20:51] <Katerine Aerdrir> >>
[20:56] <Victor> quando Katerine ia saindo, eu me levantava bem zonzo, ficando óbvio pra todos o meu estado ali. Pai... Eu não to muito bem não... Acho que vou também tá ? encostava a cadeira na mesa, mas de lado e colocada de qualquer forma. Mandava beijo com as mãos para todos e ia saindo do como também, esperando não receber uma repreensão do pai ali na frente de todos
[20:56] <Victor> >>
[21:02] Nathan (kenji410) acabou de sair
[21:03] >> Sistema RRPG colocou o modo +Jogador em Nathan
[21:03] ** NPC: <Theon Aerdrir> Olhava para Victor de certa forma surpreso, apenas fez um gesto com a cabeça -- Bom descanso.. Dizia aparentemente com certa descompostura, mas logo depois a recuperava conforme ia comendo, parecia bem preocupado com diversas coisas
[21:10] <Victor> depois de sair do comodo, ia trocando alguns passos, até o quarto de Katerine. Batia na porta algumas vezes, musicando as batidas enquanto esperava ser atendido
[21:10] <Victor> >>
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum