Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Admin
Mensagens : 6
Data de inscrição : 29/03/2017
Idade : 20
Localização : São Paulo

Ficha do personagem
HP HP:
0/0  (0/0)
EXP EXP:
0/0  (0/0)
C.A C.A: 10
Ver perfil do usuáriohttp://sagaetrian.forumeiros.com

[02] Irmãos & Suspeitos

em Dom Abr 16 2017, 19:34
[16:59] «!» A tarde em Nellgobell estava agitada e totalmente em clima festivo, por um lado as pessoas se divertiam mas de outro se tornavam mais vulneráveis. Victor e Nathan haviam chegado na cidade ontem à noite e desde manhã haviam sido designados para patrulharem, Eldren e Alexander estavam junto ao Rei e ao Lorde Cedric analizando as patrulhas, já havia um pouco mais de 1 mês que Nellgobell sofreu um aumento na patrulha e identificaram poucos orcs na região. Yridor o representante de Julianus na ordem não estava presente e havia ido ao sul de Anariel sem notificar exatamente para qual propósito. No tempo que vocês passaram patrulhando não notaram nada de ameaça ou problemático, além de um caso ou outro de alguém embriagado. No momento vocês estavam na praça central da cidadela, onde havia a estátua de um antigo nobre montado em um grifo, criatura rara hoje em dia. Vocês estavam se redirecionando para encerrar a patrulha, iriam apenas retornar ao palácio até que começam a sentir uma aura estranha próxima de vocês
[16:59] «!» << Ação Livre >>
[16:59] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Nathan
[16:59] >> Gabriel colocou o modo +Voz em Victor Kreegan
[17:08] <Nathan> Nathan caminhava  de forma calma mas sem baixar sua guarda, até então estava tudo calmo porem ele não queria deixar passar algo despercebido."Só espero que nada de ruim aconteça hoj..."Uma Aura estranha atrapalhava o pensamento de Nathan, ele já se preparava segurando a bainha do lado esquerdo dele que no momento estava vazia e tentava ver de onde era essa aura, enquanto analisava o ambiente.
[17:09] <Nathan> --Você sentiu isso Victor ?sussurrava para o meu irmão.
[17:09] <Nathan> >>
[17:11] <Victor Kreegan> dedicava parte da minha atenção as pessoas e aos perigos que as rodeavam, mas no geral estava feliz. Esse clima de festa me dominava por completo e isso me alegrava profundamente, porém, não tinha certeza se a festa era de fato, algo bom para todos. Alguns dos mais envolvidos poderiam não estar de todo, satisfeitos. Enquanto fazia minha ronda, algo estranho tomava conta de mim. Cruzava os braços enquanto respondia Nathan ao meu lado. senti sim. Vamos verificar rápido. Se não for nada voltamos a ronda normalmente. dizia sorrindo ao lado do irmão
[17:11] <Victor Kreegan> ..
[17:16] «!» Nathan percebe com muita precisão de onde vinha aquela aura, ao olhar para a sua direita você não tem visão completa mas parece que a origem é de uma mulher e o aglomerado de pessoas ao seu redor apenas o atrapalha tanto para chegar lá quanto para manter visão
[17:16] «!» >>
[17:21] <Nathan> Finalmente os frutos do meu treinamento amadureceram, facilmente conseguia detectar de onde vinha a aura. ao percebe que era uma mulher retirava a mão da bainha vazia, colocava então a mão esquerda  sobre a bainha direita que tinha uma espada. Sussurrava--Me seguia, é uma mulher.....tenha atenção redobrada.Começava a ir em direção a ela, com muito cuidado pois na multidão era um alvo fácil.
[17:21] <Nathan> >>
[17:24] <Victor Kreegan> colocava as mãos na cintura, e então seguia ele. uma mulher, em ? O que será que está aprontando ?
[17:31] «!» Nathan consegue manter-se focado na aura da garota mesmo com o aglomerado que havia ao seu redor, depois de poucos passos na direção dela vocês dois trocam contato visual e ela começa a caminhar na direção oposta. Ao chegar próximo do local que você viu ela inicialmente, você nota um homem que fedia a álcool parado num estado de transe, algumas pessoas ao redor olhavam para a situação com curiosidade mas não entendiam completamente. A garota prosseguia adiante tentando despistá-los, andando em zig-zag entre a multidão
[17:31] «!» >>
[17:43] <Nathan> Era claro que tinha algo de errado com a mulher, ela estava fazendo de tudo para fugir. percebia que depois dela passar um Homem parecia agir de forma estranha, sentia que ele iria tentar algo então ia em direção a mulher mas me preparando para desviar de um possível ataque, enquanto usava meu poder para falar mentalmente com Victor.--''Victor, tome cuidado esse homem parado é suspeito. se ele para um o outro segue caminho atrás da mulher.''[Esquivar]
[17:43] <Nathan> >>
[17:57] <Victor Kreegan> ficava parado na frente do bêbado, não conseguindo prender algumas risadas. Entendi o que Nathan havia dito, então como precaução já tinha pego meu escudo apenas.  Apontava para Nathan antes de ele sair para ele ver o que eu faria, em seguida apontava ao chão e fazia um olhar que ele podeira entender como "traga ela aqui". Logo após, vinhas aparecem na área em que ela está, num circulo de 6 metros. dificultando a passagem dela e de outros na área (magia constrição)
[18:10] <Victor Kreegan> >>
[18:17] «!» Victor não sabe exatamente o que aconteceu ao homem, ele estava parado como se tivesse virado uma estátua, inclusive a caneca que ele usava para beber estava ao chão com alguns respingos de cerveja. Nathan consegue chegar até a mulher mas nota uma outra igual a ela mais adiante e essa já estava quase próxima ao limiar da praça, alguns paladinos se moviam em direção a outra mais adiante e isso torna a cabeça de Nathan confusa pois não sabe se existe duas ou se alguma delas é ilusão
[18:17] «!» >>
[18:27] <Nathan> O dia que estava calmo do nada entrou em caos, ficava confuso pois apareceu duas mulheres uma estava próximo e a outra ia em direção aos Guardas da ordem então agia rapidamente, cuidava da mulher próxima a mim e mandava uma mensagem para uns amigos."Aqui é o Nathan, essa mulher que está indo em direção a vocês é suspeita, capturem ela, é urgente  nível máximo "--Se você se mexer serei obrigado a ter assassinar.enquanto falo aponto  um braço para o pescoço dela , minha mão estava vazia e repentinamente parece uma arma, uma espada que não chega a encostar nela porem está próximo.
[18:27] <Nathan> >>
[18:34] «!» A garota olha para você em um tom de medo, ela olha fixamente para você sem dizer nada. Outras pessoas próximas que estavam imobilizadas estavam nervosas ou com medo da situação. Os homens adiante tentam prender a mulher mas ela consegue passar por eles e então começa uma perseguição dos dois para fora da praça. O homem embriagado não teve reação nenhuma.
[18:34] «!» >>
[18:45] <Victor Kreegan> depois de observar o homem por momentos sem reação. Colocava as mãos sobre ele. Primeiro em sua testa para sentir a temperatura, em seguida em seu pescoço e pulso, para sentir sua pulsação. Estranhava muito isso e já passava pela minha cabeça uma magia de paralisia
[18:45] <Victor Kreegan> >>
[18:51] <Nathan> percebia a incompetência do pessoal da ordem, então tinha que fazer algo."Victor, parece que a mulher conseguiu fugir, mas não sei se é um truque, então tome conta dessa aqui e interrogue ela irei ir atrás da outra."  guardava a espada na bainha vazia.enquanto falava com Victor começava a correr em disparada em direção a garota.[disparada]
[18:51] <Nathan> >>
[19:01] «!» Victor vê que ele tava com pulsação e temperatura normal, só não falava e não fazia nada. Os homens corriam atrás da mulher, um deles a xingava e o outro mandava ela parar. Nathan começa a correr em disparada empurrando quem não saísse da frente, no final você fica com uma diferença de 3 metros dos homens e a garota estava a 4 de diferença deles, eles não conseguiam acompanhar tanto por causa da armadura e a garota era muito ágil pelo o que você pode notar
[19:01] «!» >>
[19:10] <Victor Kreegan> recebia a orientação de Nathan, então pedia para as pessoas não tocarem no homem. Aparentemente ele estava bem, mas não conseguia se mexer, coisa que os médicos do reino deveriam averiguar depois. Ia até a tal mulher, presa em minhas vinhas. Ao chegar próximo a ela, pegava minhas algemas e observava todas as pessoas presas em minhas vinhas, então me desculpava. Me perdoem, caros amigos. Peço desculpas pelo transtorno causado
[19:10] <Victor Kreegan> >>
[19:17] <Nathan> Eu percebia que a garota era ágil de mais, não estava afim de ficar em uma corrida eterna então iria dar o máximo.continuo a andar atrás dela porem não em disparada e sussurrava em Elfico uma magia.[Ação bonus Bruxaria]--Pelo poder investido a mim, irei findar sua determinação........apontava meu dedo para mesma como se fosse uma arma e fala agora em dialeto normal enquanto uma energia verde brilhava no meu dedo e em um feixe de luz ia em direção a garota mirando as pernas dela--como você não parou irei ter que agir de forma truculenta.
[19:17] <Nathan> [rajada mistica]
[19:17] <Nathan> >>
[19:19]   Nathan rolou 1d20 + 6 = 17 {[11] + 6}  << acerto >>
[19:20]   Nathan rolou 1d10 + 1d6 = 13 {[10] + [3]}  << dano >>
[19:26] «!» Ao conjurar a magia Bruxaria a garota se dissipa no ar, como se ela não existisse.. você fica um bom momento confuso e ao olhar ao redor não vê sinal dela em lugar algum
[19:30] «!» Victor ao prender a garota vê que ela estava nervosa com você, as outras pessoas ainda reclamavam mas com menos intensidade
[19:30] «!» >>
[19:39] <Victor Kreegan> sinto muito, mas vamos ter de interroga-la, se você for inocente e alguém de bem, até o fim do dia estará livre. dizia enquanto algemava-a, com um sorriso no rosto. Logo após, fazia as vinhas se dissiparem, soltando os cidadãos enquanto mantinha a mulher sobre escolta.
[19:39] <Victor Kreegan> >>
[19:50] <Nathan> Ficava um pouco frustado pois era apenas uma ilusão, mas ao menos consegui evitar uma perseguição fútil. pelo menos nenhuma pessoa se feriu, dava meia volta chegando próximo dos companheiros da ordem.--Então companheiros, foi apenas uma ilusão, siga-me ela deve estar com o Victor.Quando chegava próximo da areá da minha habilidade mandava uma mensagem.--''Tome cuidado, ela usa magia, então tape a boca dela para ela não conseguir utilizar isso, eu persegui uma ilusão estou chegando ai.      ''  
[19:50] <Nathan> >>
[19:56] ** NPC: <Garota> -- Eu não sei de nada.. me solte! Dizia em um tom nervoso, Victor acredita que ela esteja com medo pela forma que agia
[20:05] «!» Os homens o obedecem e o seguem, eles estavam todos confusos com o que viram. Victor fica com atenção dobrada com a Garota depois de ouvir as palavras do Nathan
[20:05] «!» >>
[20:14] <Victor Kreegan> ajudava-a a se levantar, então recebia a mensagem de Nathan. Entendo... Então, você pode fazer magias... Eu estaria errado em dizer que foi você a responsável pelo homem ali ? apontava com a cabeça para ele. Dizia com elegância e ao mesmo tempo gentileza, exalando confiança para que a mulher confie e se abra a mim
[20:14] <Victor Kreegan> >>
[20:18] ** NPC: <Garota> -- Magia?.. Como assim?.. Eu não sei do que está falando!.. Dizia em tom confuso e de incredulidade -- Eu nem conheço esse homem..
[20:23] «!» Você não sabe dizer se ela fala a verdade ou a mentira
[20:23] «!» >>
[20:25] <Victor Kreegan> então isso facilita muito as coisas para você. Se você diz a verdade, antes do fim do dia já estará em liberdade novamente, mas por enquanto você vai nos acompanhar para um breve interrogatório dizia sorrindo e gentil como sempre
[20:25] <Victor Kreegan> >>
[20:31] ** NPC: <Garota> -- Certo, então me levem para o interrogatório e terminamos com isso o mais breve possível... Dizia em tom calmo e olhando para Victor com um leve sorriso
[20:31] «!» >>
[20:36] <Nathan> continuava andando em direção ao Victor, estava calmo novamente, conseguimos capturar a mulher e ninguém saiu ferido, chegando perto deles apenas fintava a mulher sem falar nada.--Então, gostaria que um de vocês fosse atrás de um médico ou Mago para averiguar, o senhor que está em forma de pedra.referia a um dos guardas da ordem, para resolver o problema do senhor petrificado.
[20:37] <Nathan> enquanto na mente da mulher sussurros viam --Você está mentindo, não ira longe assim.....
[20:37] <Nathan> >>
[20:38] «!» Um deles se retira dizendo que iria retornar o mais breve possível. Ao proferir o sussurro na mente da mulher ela fica confusa e olha para todos os lados como se estivesse paranoica
[20:38] «!» >>
[20:53] >> Sistema RRPG colocou o modo +Jogador em Stor
[20:56] «!» Vocês levantam a garota e as vinhas aos poucos vão murchando até se quebrarem, a garota volta a ficar nervosa depois de ouvir uma voz na cabeça, isso a deixa com medo/confusa. As pessoas ao redor olhavam por curiosidade e não entendiam nada do que ocorria. Victor e Nathan a conduzem até o interrogatório, iriam levá-la até o palácio para alguém fazer o interrogatório e em seguida falar com o Eldren sobre o ocorrido.
[20:56] «!» >> <<
[21:02] <Nathan> Agora tem que tomar mais cuidado, pois se ela tiver aliados por aqui seremos alvos fáceis, mas não demonstraria isso.--Fique de olho no homem que está petrificado, Eu e Victor iremos levar ela até o interrogatório.enquanto mandava uma mensagem para o Victor.--''Irmão, estamos com problemas, se ela tiver aliados somos alvos fáceis, fique atento..''falava dessa forma, pois não queria que soube-se da fraqueza momentânea.
[21:02] <Nathan> >>
[21:08] <Victor Kreegan> É provável que tenha sido algum ataque, mas também pode ter sido um caso isolado, ou se for algo mais sério, pode até ter sido um chamariz para desviar nossa atenção brevemente. portanto, vamos leva-la e voltar o mais rápido o possível. O clima ainda era de festa, e eu não podia esquecer do motivo. Em breve um grande evento vai acontecer aqui. Me pergunto quantas pessoas podem vir a ser contra isso
[21:08] <Victor Kreegan> >>
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum